10 cuidados com a alimentação das crianças durante o verão

Verão é uma delícia, afinal, é época de férias e ainda dá para aproveitar muito os dias compridos junto com os pequenos. Porém, é bom sempre ficar de olho na alimentação das crianças para que a estação seja só de alegrias.

Com as altas temperaturas, as crianças suam bem mais e, por isso, precisam de mais água, seja na forma de líquidos ou de alimentos que hidratam, como verduras e frutas.

Fora isso, também tem a questão da praia, local em que, muitas vezes, pulamos refeições ou comemos muito mal. Mas, como estamos falando da refeição das crianças, é muito importante prestar atenção aos mínimos detalhes.

Separamos 10 cuidados essenciais para ajudar você a garantir uma alimentação balanceada e saudável durante as férias do seu filho. Confira!

1. Ofereça às crianças muita, muita água

A regra número 1 é se hidratar muito. Geralmente, as crianças brincam fora de casa nos dias quentes, seja na rua, na piscina ou na praia. Por isso, é essencial seu filho estar sempre hidratado.

Como as crianças não costumam sentir tanta sede quanto os adultos é fundamental você oferecer água ao seu filho várias vezes ao dia.

Outra opção é servir frutas ricas em água. Melancia, laranja, melão, abacaxi e tangerina são alguns exemplos de frutas que hidratam e repõem sais minerais. Lembre-se de facilitar a vida das crianças nessa hora de comer frutas: você pode picá-las, servi-las individualmente ou fazer uma super salada de frutas.

2. Prepare um café da manhã dos campeões

Se para os adultos começar o dia com um bom café da manhã faz toda a diferença, imagine para as crianças, que precisam de toda a energia durante as férias. Frutas, leite, cereais, sucos, pães e frios leves são fundamentais para que as crianças tenham toda a energia para curtir cada minuto do verão.

Seu filho torce o nariz quando se senta à mesa? Então sirva pratos bem coloridos no café da manhã: uma salada de frutas no prato do personagem favorito dele, uma vitamina de duas cores, ou seja, tudo aquilo que chame a atenção. Pode ter certeza que isso vai fazer toda a diferença.

3. Estabeleça horários

Não é porque as férias chegaram que seu filho não precisa de rotina. Para não se perder com os horários, planeje todas as refeições do dia. Mesmo que o almoço seja mais descontraído, é bom ter horários para que as crianças matem a fome e não caiam na tentação de comer alimentos nada saudáveis.

4. Cozinhe alimentos leves sempre

O ideal é cozinhar pratos leves para as crianças, nada de frituras. Alimentos cozidos, refogados e assados são os mais recomendáveis, porque garantem uma digestão mais fácil aos pequenos.

No almoço, inclua alimentos que dão energia, como massas, arroz, feijão e batatas. Assim, você garante mais disposição para as crianças brincarem a tarde toda.

Uma boa salada, rica em folhas, é uma ótima dica para o jantar. Aproveite para adicionar fruta e deixar a salada ainda mais refrescante. Manga combina muito com o mix de folhas e fica uma delícia.

5. Saiba comer bem na praia

A praia está boa demais para sair para almoçar? Não há nada de errado em comprar lanchinho por lá mesmo, mas é bom ter cautela sempre.

Milho cozido, sucos, água de coco e biscoito de polvilho podem ser encontrados facilmente e são mais saudáveis. Sanduíches também podem ser consumidos, mas sem maionese, e você deve tomar cuidado com o recheio.

Também preste atenção nos pratos com camarão, empadas e até mesmo salada de frutas vendidos na praia. Esses alimentos correm o risco de estarem contaminados por bactérias e podem estragar as férias das crianças (e as suas também).

6. Deixe as crianças tomarem sorvete com moderação

E por falar em comer na praia, nada melhor do que um sorvetinho quando as temperaturas estão lá em cima, afinal, é uma delícia para se refrescar. Mas, como tudo na vida, é bom não cometer excessos.

Fora de casa é sempre mais indicado optar por sorvetes de frutas. Já em casa, sorvetes caseiros são sempre uma ótima pedida. Faça misturando iogurte e frutas para fazer sucesso com a criançada.

7. Tenha cuidado com o refrigerante

Não, refrigerante não substitui a água quando o assunto é hidratação. Além de a bebida ser gaseificada, há também um elevado teor de açúcar.

Você pode oferecer refrigerante aos seus filhos com moderação, afinal, é férias! Porém, lembre-se de que água é sempre a melhor saída.

8. Não se esqueça dos lanchinhos

Seja na praia, na piscina ou no parque, é importante garantir que as crianças se alimentem bem de tempos em tempos. Por isso, levar lanchinhos para onde estiverem indo é essencial. Assim, você planeja melhor a alimentação do seu filho, economiza e evita que ele fique pedindo guloseimas nada saudáveis.

Preste atenção ao que levar para não estragar. Leve o lanche em uma bolsa térmica com gelo para manter tudo fresquinho e deixe em um lugar protegido do sol.

É indicado fazer sanduíches leves de pão integral ou árabe, sempre sem maionese. Queijo minas, tomate, cenoura ralada e alface é uma combinação certeira.

9. Fique de olho na digestão

Aquela história de respeitar o tempo de digestão antes de se jogar na piscina ou no mar não é lenda. Depois de comer, é bom esperar pelo menos uma hora e meia, uma vez que uma digestão mal feita pode causar náuseas, vômitos, dores abdominais e, até mesmo, perda de consciência.

10. Estimule exercícios físicos

Não faz parte da alimentação das crianças, mas é essencial colocar a criançada para se movimentar durante as férias. Dias inteiros em frente à televisão e videogame é até mesmo um desperdício nos tempos de verão, não é mesmo?

Existem muitas brincadeiras que estimulam a prática de exercícios físicos, como caminhada, pega-pega, vôlei na praia e ping-pong. É só escolher, tomando sempre cuidado com a exposição ao sol e com a hidratação adequada.

Viu só quanta dica boa para aplicar nesse verão com seus filhos? Uma alimentação adequada pode garantir toda a diversão para a criançada e muita tranquilidade a você.

E por falar em alimentação das crianças, já sabe como ensinar seus filhos a comer vegetais? Confira as dicas que a gente preparou para você!

Gostou desta matéria?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *