Conheça algumas consequências do consumo exagerado de açúcar.

O consumo exagerado de açúcar vem se tornando um hábito comum no dia a dia do brasileiro.

E é esse consumo exagerado de açúcar que causa sérias consequências a nossa saúde.

Doces, sobremesas e outras guloseimas são apenas algumas das tentações que o açúcar oferece.

O grande desafio é consumir apenas a quantidade necessária que nosso corpo precisa para se manter saudável.

O consumo de açúcar também pode ser feito através de opções mais saudáveis.

Frutas são as melhores opções.

É importante estar atento também às crianças, já que também podem ser vítimas de doenças causadas pelo o consumo exagerado de açúcar.

Através dessas informações separamos algumas dicas que podem ajudar você a conhecer algumas consequências do consumo exagerado do açúcar.

Veja algumas consequências do consumo exagerado de açúcar.

Como já sabemos o açúcar pode ser um grande vilão para nossa saúde.

Mas é somente o consumo exagerado de açúcar que oferece risco a nossa saúde.

Se consumido sem exagero, não oferece grandes riscos.

Os riscos do consumo exagerado de açúcar são vários, destacando-se o aumento das chances de desenvolver cárie, obesidade e diabetes.

O açúcar comum é um carboidrato encontrado tanto em alimentos naturais quanto nos industrializados.

No alimentos como biscoitos, chocolates, refrigerantes e doces, os açúcares são encontrados em maior quantidade.

O consumo de açúcar está associado com a produção de serotonina.

A serotonina é um importante neurotransmissor relacionado com a regulação do sono e humor.

Entretanto, o consumo exagerado de açúcar também pode causar danos ao nosso organismo.

Por isso o consumo de açúcar deve ser feito com cautela.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), apenas 10% do total de calorias consumidas diariamente devem ser com açúcar.

Uma dieta saudável e ideal deve ser restrita a 5%.

Isso significa que o ideal é que uma pessoa consuma 25g de açúcar por dia ou, no máximo, 50g.

O problema mais citado quando falamos em açúcar é a cárie.

A cárie se caracteriza pela deterioração das estruturas dentárias, provocando dor e muitas vezes a perda do dente.

Contudo, as consequências do consumo exagerado de açúcar vão muito além desse processo odontológico, podendo colocar até mesmo a vida de uma pessoa em risco.

Diante dos perigos do consumo exagerado de açúcar para o nosso organismo, é fundamental uma avaliação rigorosa dos alimentos que consumimos e também sobre nossos hábitos de vida.

É importante que seja realizada uma alimentação variada, com poucos produtos industrializados e livre de excessos.

Aliada a essa alimentação, é essencial que atividades físicas sejam praticadas regularmente.

Além disso, é importante estar atento às propagandas publicitárias, que sempre relacionam alimentos ricos em açúcares para as crianças.

Tornando – se um incentivo para hábitos alimentares pouco saudáveis.

Crianças também são vítimas fáceis das consequências do consumo exagerado de açúcar.

Muitos pais preferem lanches rápidos e industrializados, favorecendo o desenvolvimento de doenças graves como a obesidade que atingem as crianças também.

O indicado é escolher uma alimentação saudável a base alimentos naturais, frutas e verduras.

E incentivar as crianças a se alimentarem de forma saudável desde cedo.

Esse hábito garante mais saúde e melhor qualidade de vida.

Doenças causadas pelo consumo exagerado de açúcar.

Saborear um docinho após o almoço, tomar café com açúcar, ingerir sucos industrializados e refrigerantes são hábitos comuns no nosso dia a dia.

Portanto, consumir de maneira equilibrada esses alimentos com excesso de açúcar é a maneira mais eficiente de não passar vontade e, ao mesmo tempo, cuidar da sua saúde.

Mas, o controle nem sempre é seguido pelas pessoas, aumentando o surgimento de doenças causadas pelo excesso de açúcar no sangue.

O consumo exagerado de açúcar pode causar sérios danos a nossa saúde.

Entre vários problemas, algumas doenças como obesidade, doenças hepáticas, diabetes tipo 2 e problemas cardiovasculares.

O maior problema que pode ser causado pelo excesso de açúcar, sem dúvidas, é a obesidade.

A obesidade é uma doença grave e já considerada uma epidemia mundial.

A obesidade é apenas mais um fator de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas sérias, como problemas cardiovasculares, hipertensão, diabetes e até mesmo câncer.

Além dos riscos decorrentes do excesso de peso, a grande quantidade de açúcar na alimentação pode sobrecarregar o pâncreas, que necessita produzir insulina constantemente para manter os níveis de glicose no sangue adequados.

Essa produção pode não ser suficiente para suprir a necessidade do corpo ou não ser aproveitada adequadamente, desencadeando uma doença séria e perigosa conhecida por diabetes tipo 2.

Veja algumas doenças causadas pelo consumo exagerado de açúcar

  • Diabetes tipo 2

A relação do consumo exagerado de açúcar com a diabetes do tipo 2 é uma das mais conhecidas.

Ao manter uma dieta rica em açúcar, o organismo é estimulado a resistência do organismo a insulina.

A insulina é um hormônio que permite o acesso da glicose até as células sanguíneas para queimar glicose e não gordura.

Este distúrbio faz com que as células produtoras da insulina fiquem no pâncreas, sobrecarregando o órgão que acaba não suportando a demanda do hormônio.

Esse processo eleva o nível de açúcar no sangue, gerando a diabetes do tipo 2.

  • Doenças hepáticas

O consumo exagerado de açúcar, principalmente de frutose, pode causar problemas hepáticos nos pacientes.

A frutose é uma substância derivada do açúcar das frutas e do xarope de milho, muito utilizada pela indústria alimentícia.

Isso acontece porque a frutose só pode ser metabolizada no fígado.

Quando consumida em poucas quantidades, como as apresentadas pelas frutas, não há nenhum problema.

Mas, se o fígado já estiver repleto de glicogênio e ele exagerar no consumo de frutose, o açúcar será transformado em gordura.

O acúmulo de gordura no fígado pode ocasionar uma doença chamada esteatose hepática não associada ao álcool, um dos tipos de fígado gorduroso cada vez mais comum entre as pessoas.

  • Câncer

O câncer é uma das doenças que mais matam no mundo.

E pode ser desenvolvido por conta do consumo exagerado de açúcar no organismo.

O câncer é caracterizado pela multiplicação e crescimento descontrolados de células do corpo humano.

Já a insulina é um dos hormônios fundamentais para o controle dessa reprodução celular.

Sendo assim, um elevado nível de insulina, muitas vezes causado pelo consumo exagerado de açúcar, pode ajudar a desenvolver a doença.

Além disso, outros problemas metabólicos associados consumo exagerado de açúcar podem causar inflamações crônicas, que também estão entre as possíveis causas do surgimento do câncer.

  • Doenças cardiovasculares

De acordo com pesquisas realizadas pelo Ministério da saúde, o consumo excessivo de açúcar, principalmente de bebidas doces, pode elevar o risco de hipertensão.

Uma alimentação com excesso pode desequilibrar o funcionamento normal dos vasos sanguíneos, causando o aumento da pressão arterial.

Além disso, o consumo exagerado de açúcar, unido a uma alimentação gordurosa, pode levar ao aumento da gordura abdominal.

Isso acaba ativando a produção de substâncias inflamatórias, elevando o risco de formação de gordura nas artérias.

Esse processo impulsiona as chances da pessoa sofrer infarto ou derrame.

Manter uma alimentação saudável deve ser uma prática para toda vida.

E cuidar da sua saúde uma prioridade.

Agora que você já sabe mais sobre as consequências do consumo exagerado de açúcar, pode ficar atento a sua alimentação e da sua família

Conheça algumas consequências do consumo exagerado de açúcar.
Gostou desta matéria?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *