Conheça alguns alimentos essenciais para a saúde bucal das crianças.

Os cuidados com a saúde bucal das crianças devem ser tomados desde cedo. Mesmo quando bebê, a criança já pode desenvolver algumas doenças prejudiciais a sua saúde a ao crescimento saudável dos dentes. Alguns alimentos são importantes e podem favorecer na saúde bucal das crianças desde cedo, como a amamentação por exemplo, que é muito importante tanto para evitar doenças como anemia, pois a criança que recebe leite materno cresce mais forte e saudável. Além do leite materno, outros alimentos ricos em vitaminas, potássio, cálcio são essenciais para saúde bucal das crianças. Assim, separamos algumas dicas de cuidados com alimentação para cada faixa etária que ajudam na prevenção de doenças e auxiliam na saúde bucal das crianças.

Leite materno

O leite materno tem substâncias que auxiliam no crescimento saudável e auto imune, assim como também na saúde bucal das crianças. Além disso, durante a amamentação no peito materno o bebê realiza um exercício físico oral que estimula toda a musculatura oral e respiração nasal, favorecendo assim a respiração pelo nariz, fala e posicionamento da língua e das arcadas dentárias. O recomendado é que no primeiro ano de vida a amamentação seja o alimento exclusivo para a criança. O leite materno é o mais rico em vitaminas, cálcio, potássio, carboidratos e proteínas, que são nutrientes essenciais também para o crescimento saudável e saúde bucal das crianças. É importante lembrar que a limpeza nos primeiros meses de vida do bebê também ajuda para seu crescimentos saudável, sempre após a amamentação a limpeza pode ser feita com uma gaze ou a pontinha de uma fralda de tecido embebida em água filtrada

Saúde bucal das crianças até 5 anos.

A partir dos seis meses de idade, em média, começam a nascer os primeiros dentinhos do bebê. Nesta época, já é possível substituir a alimentação líquida por uma mais pastosa e, mais para frente, oferecer à criança alimentos mais consistentes que incentivam a mastigação e o desenvolvimento da dentição infantil. Papinhas, frutas amassadas e sopas são alguns dos alimentos que podem começar a fazer parte da dieta da criança assim que os dentinhos apontam, essa mudança na alimentação do bebê é muito importante para o auxilia – lo no início da mastigação é um estímulo importante para que haja o crescimento correto dos ossos, como o maxilar e a mandíbula, além do amadurecimento dos músculos mastigadores e o desenvolvimento e posicionamento correto dos dentes.

A partir de um ano, a criança já está praticamente com a mastigação desenvolvida e com muitos dentes já expostos, portanto, alimentos mais consistentes podem ser introduzidos em sua dieta. Pedaços de frutas mais duras, legumes e até pedacinhos de carne podem ser oferecidos ao bebê. Oferecer às crianças alimentos ricos em cálcio e vitamina D também são importantes, alimentos como salmão, gema de ovo, vegetais verdes escuros, leite e seus derivados são grandes contribuintes para o fortalecimento das estruturas ósseas do corpo e dos dentes

Aos três anos de idade, a criança já pode estar comendo de tudo, nessa fase os cuidados com a dentição devem ser redobrados, pois tão importante quanto saber quais alimentos podem ajudar no desenvolvimento e saúde bucal das crianças, é saber quais podem prejudicar esse processo. Os alimentos ricos em açúcares têm um alto potencial para provocar cáries, como refrigerantes, sucos industrializados, bolachas, especialmente as recheadas, balas, chicletes, chocolates entre outras. A presença constante do açúcar na boca faz com que o pH fique ideal para que as bactérias causadoras da cárie possam atuar e começar o processo de desmineralização dos dentes, então quanto menor for a quantidade de açúcar ingerida nessa fase pela criança, melhor será o seu desenvolvimento dentário. O recomendado é que além dos cuidados com excesso de açúcares, a criança comece a receber o estímulo para a higienização dos dentes, fazer a escovação é fundamental para que a criança aceite e aprenda este novo hábito em seu dia-a-dia. Na medida em que mais dentes vão aparecendo, o fio dental também deve ser usado para que a limpeza fique completa.

Saúde bucal das crianças até os 10 anos.

A partir dos seis anos de idade a criança inicia a fase de troca de dentição e os cuidados com a saúde bucal das crianças devem continuar. Já sabendo como deve ser feita a sua higiene com a escovação e uso do fio dental após as principais refeições, os cuidados com alimentação é nessa fase que O amolecimento do dente de leite que leva à sua queda é chamado de exfoliação e os primeiros dentes de leite começam a cair dando espaço aos dentes permanentes.

O processo de troca dos dentes de leite pelos dentes permanentes é natural da saúde bucal das crianças, é gradativo e lento, não havendo necessidade de intervenção. Mas se o dente estiver atrapalhando a mastigação da criança, pode ser necessária uma forcinha, mas com algumas condições, nesses casos os pais podem tirar o dente percebendo que ele está bem molinho, até pra não correr o risco da criança engolir. Mas não deve tirar assim que ele ficar mole, pois é preciso respeitar o tempo certo até que o outro dente possa nascer. São recomendados alimentos mais leves nos primeiros dias após a troca dos dentes, alimentos mais pastosos e que não vão exigir força da arcada dentária da criança, evitando assim um possível sangramento na gengiva. Durante essa fase as consultas com o odontopediatra devem ser regulares de 6 em 6 meses ou sempre que necessário, em casos de dores inesperadas ou quando o dente de leite não cair naturalmente. O consumo de alimentos com muito açúcar deve continuar sendo evitado, nessa fase de troca de dentes a criança fica com a gengiva mais exposta e pode absorver açúcar mais do que o necessário e prejudicar a sua saúde.

Agora que você já conhece mais sobre os cuidados com saúde bucal das crianças pode auxiliar melhor os pequenos na hora da escovação e da importância de ter uma alimentação saudável e sem excessos. O importante é manter uma rotina saudável e seguir com as visitas constantes ao dentista, e dessa forma garantir que a criança tenha um sorriso sempre feliz.

Conheça alguns alimentos essenciais para a saúde bucal das crianças.
Gostou desta matéria?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *