Depressão. Uma doença séria e incapacitante

A depressão é uma das doenças mais recorrentes do século XXI, afetando homens e mulheres de todas as idades. Quem sofre de depressão parece ter estagnado, não encontra forças para enfrentar o quotidiano e chega a pensar que a vida não tem qualquer significado. Lidar com uma pessoa deprimida não é fácil, mas também não é impossível.

Os sintomas da depressão

A depressão não se manifesta da mesma forma em todas as pessoas que apresentaram a doença. Se, em algumas pessoas são mais evidentes os sintomas emocionais como a tristeza, o desânimo e a falta de interesse, já em outro a ela pode se manifestar de forma física com dores, alterações no sono, falta de energia e fadiga. Quando uma pessoa apresenta um conjunto destes sintomas e estes interferem de forma severa no seu dia a dia afetando seu desempenho social, profissional e emocional.

A depressão pode aumentar a chances de outras doenças

De acordo com Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão afeta 17% da população mundial, sendo que a maioria das vítimas é formada por mulheres. O sexo feminino é mais vulnerável a doença principalmente por causa da incidência da depressão pós-parto, que afeta uma em cada cinco mulheres. E segundo a OMS a depressão diminui muito a qualidade de vida e aumenta as chances de outras doenças.

Veja quais são alguns problemas de saúde que podem surgir com a depressão:

  • Problemas cardíacos

A doença provoca um desequilíbrio nos hormônios e no caso do cortisol se ele estiver em excesso no organismo pode comprimir os vasos sanguíneos e prejudicar o coração. Além disso, geralmente os deprimidos não têm a menor disposição para praticar atividade física e comer direito. Esses maus hábitos contribuem bastante para os problemas cardiovasculares e aumentam as chances de problemas cardíacos, como o infarto.

  • Problemas intestinais

Em alguns casos, a depressão pode afetar o funcionamento do intestino causando a diarreia e ou a prisão de ventre, pois dificulta a transmissão de informações do cérebro.

  • Diminuição da imunidade

A depressão favorece a diminuição da imunidade, o que deixa o indivíduo mais susceptível a contrair doenças.

  • Transtornos alimentares

Quem sofre de depressão tem fortes chances de desenvolver algum transtorno alimentar, abusando da quantidade de comida (obesidade) ou evitando o consumo de alimentos para não engordar (anorexia e bulimia).

Se você possui algum desses sintomas procure um especialista para obter um bom diagnóstico e o tratamento mais adequado. Ao contrário do que uma pessoa com depressão pensa, existe sim uma luz no fim do túnel.

Você já tem um Plano de Saúde?

Adquira o plano de Saúde Hapvida para sua família, garanta a saúde e bem-estar de quem você ama, eles merecem esse cuidado. Deixe seu nome e telefone que nós ligamos para você.

SOLICITAR PROPOSTA

Fonte: OMS

Fonte: Pesquisa Datafolha

Depressão. Uma doença séria e incapacitante
4.88 (97.5%) 8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *