Enjoo matinal: leitura obrigatória para começar bem o dia

O enjoo matinal é um dos primeiros e principais sintomas da gravidez. Há certos tipos de enjoos mais fortes que outros. Na maior parte das vezes, eles acontecem no período da manhã, provocando náuseas e vômitos.

Esse sintoma aparece porque, nos primeiros três meses, a placenta libera um hormônio chamado gonadotrófico coriônico, que auxilia em vários pontos da gravidez, principalmente na prevenção contra o aborto.

Mas as futuras mamães podem tomar algumas medidas para tornar o enjoo matinal mais brando e começarem bem o dia. Continue acompanhando e confira!

Alimente-se com hora marcada

É importante lembrar que, ao ficar muito tempo sem se alimentar, as náuseas aparecem com maior frequência. O enjoo matinal é maior porque a futura mamãe fica cerca de 8 horas sem se alimentar. Sendo assim, alimente-se de 3 em 3 horas para que os enjoos sejam evitados.

Não se esqueça de ingerir alimentos com baixo teor glicêmico, para que o organismo não sofra com picos de açúcar no sangue, aumentando as chances de desenvolver uma diabetes gestacional.

Fazer pequenos lanches recheados de frutas e as refeições maiores com o maior número de verduras e legumes possível, é o tipo de alimentação ideal para as grávidas. Inclua também alimentos ricos em ácido fólico, como: couve, beterraba, suco de laranja e lentilha, para auxiliar na formação do bebê.

Evite ingerir líquidos durante as refeições

O maior problema de ingerir líquidos durantes as refeições é que a digestão fica muito mais lenta por aumentar o volume de alimentos no estômago, tendo em vista que a digestão da grávida já é mais lenta nesse período. Sucos, água e outros líquidos devem ser ingeridos 40 minutos antes das refeições e 1 hora após as refeições.

Descanse

Os descansos, principalmente após as refeições, auxiliam na digestão, evitando os enjoos. Mas aguarde alguns minutos antes de descansar para não causar náuseas. Outro motivo importante para que as grávidas descansem mais vezes ao dia é porque, ao dormir, o corpo se reabilita para os afazeres do dia a dia e alivia o estresse e a irritabilidade que às vezes acompanham a gravidez.

Movimente-se

Não deixe de se movimentar. Mesmo em dias que o enjoo matinal pareça não ter fim, você deve se movimentar e continuar a fazer as atividades que normalmente eram feitas. Isso faz com que a digestão seja mais bem-feita e, dessa forma, o estresse é aliviado da mente.

Mantenha a calma

Nada de fazer as coisas correndo. Ao acordar, fique um tempo na cama e não levante apressadamente, pois isso pode causar tonturas. Logo após, podem vir as náuseas e até mesmo vômitos, o que pode ocorrer ao sentar-se e levantar-se rapidamente. Isso acontece porque o sangue estabiliza no corpo e, ao mudar de posição rapidamente, o sangue se desestabiliza. Quando isso ocorre, o mal estar, o enjoo, as náuseas e vômitos ficam mais aparentes.

Pratique esportes

Pratique exercícios físicos que são liberados pelo seu ginecologista e obstetra para que os hormônios do bem-estar e do prazer sejam liberados no organismo, diminuindo o estresse e melhorando as dores que a gravidez pode acarretar.

Outro motivo para não deixar de se movimentar são as diversas vantagens que os exercícios físicos podem trazer, como: equilíbrio, melhora da coordenação motora, fortalecimento muscular, prevenção contra doenças cardiovasculares, diabetes e doenças no aparelho digestivo.

Fique de olho em certos alimentos

Alguns alimentos podem auxiliar para que o enjoo matinal seja menor e outros aumentam muito a incidência dele. Alimentos como gengibre, água tônica, abacaxi, laranja, melancia, limão, chá de camomila e chá de menta contribuem para a diminuição do enjoo. Já alimentos que devem ser evitados são os refrigerantes, café, comidas picantes e alimentos muito gordurosos.

Evite cheiros fortes

Perfumes muito fortes e aromatizadores de ambientes são grandes desencadeadores dos enjoos nas grávidas, por isso evite-os. Algumas grávidas ainda não suportam certos cheiros que anteriormente não causavam incômodo. Caso isso ocorrer, vale a pena trocar as marcas e evitar os produtos.

Cigarros e certas bebidas são um problema para as grávidas: primeiro pelos malefícios para a saúde do bebê e da futura mamãe e segundo pelos odores fortes que possuem.

Mantenha-se hidratada

Sempre lembre-se de tomar água, pois o organismo, quando hidratado, gera menos incidência de náuseas e vômitos provocados pelo enjoo matinal. Quando houver vômitos, espere uns minutos e tome água para não haver desidratação e problemas piores tanto para a mamãe quanto para o bebê.

A dose de água diária deve ser maior no período da gestação. Isso ocorre porque o sangue aumenta com a presença do bebê e aumentam também as toxinas. Por isso, é importante manter a hidratação para o auxílio dos rins.

Saiba o que fazer na hora de dormir

Na hora de dormir, evite se alimentar ou beber líquidos, pois isso faz com que o estômago fique cheio e os ácidos estomacais podem fazer o caminho contrário, causando azia e, assim, o enjoo. Diferentemente dos descansos, em que basta aguardar alguns minutos para se deitar, na hora de dormir o ideal é ter feito a última refeição pelo menos 1 hora e 30 minutos antes.

Outros métodos

Alguns métodos de terapia holística ou homeopatia podem auxiliar as grávidas com o enjoo matinal. Acupuntura e outros métodos têm tratamentos específicos para esse sintoma, além de não serem contraindicados para esse período. Outro método é usar faixas nos pulsos, que são os pontos energéticos que trabalham com o estômago e o sistema digestivo, em geral.

Nada pior do que sentir enjoo matinal em um período tão abençoado, mas vale lembrar que esse tipo de enjoo indica que o organismo está aceitando muito bem a gravidez. Algumas mulheres não sentem como as outras, mas a certeza de que esse é um incômodo passageiro faz com que as futuras mamães sejam mais fortes para enfrentar esse problema.

Não se esqueça de manter o pré-natal em dia para que a gravidez corra tranquila e feliz. E você, já passou por isso? Como está fazendo para evitar o enjoo matinal? Faça um comentário no post e nos conte sua história com relação a esse sintoma durante a tão sonhada gravidez.

Enjoo matinal: leitura obrigatória para começar bem o dia
5 (100%) 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *