Entenda a importância de um plano de saúde infantil

Fazer um plano de saúde infantil evita diversos transtornos e situações de angústia para os pais. Pense na seguinte situação: seu filho está com muita cólica e chorando e você corre para um hospital público, chegando lá, não tem um pediatra e o atendimento demora a acontecer. Essa situação pode ser desesperadora!

Mas também não se pode contratar o primeiro plano de saúde que aparecer. É necessário procurar uma empresa que possa te oferecer atendimento médico de qualidade, em boas clínicas e os mais variados tipos de exames e especialidades. Afinal de contas, nunca se sabe do que os pequenos precisarão e é sempre bom estar prevenido.

Fazer uma poupança é uma boa opção?

Muitas pessoas optam por fazer uma poupança para os momentos de necessidade e escolhem atendimento particular. Porém, dependendo do diagnóstico médico, essa reserva pode não ser o suficiente e você pode se ver com diversos exames e outros especialistas para dar conta.

De qualquer forma, ter uma reserva financeira é sempre uma boa opção para complementar os planos de saúde. Esse dinheiro será bem-vindo na compra de remédios, caso o seu filho precise fazer exames ou ficar hospitalizado em outra cidade, necessitando assim de gastos com a viagem e também hospedagem.

Por que aderir a um plano de saúde infantil?

O SUS não oferece segurança

Na maioria dos estados do país, o Sistema Único de Saúde (SUS) não consegue oferecer o suporte necessário para as crianças e recém-nascidos. Os exames tendem a demorar até meses para que sejam realizados e não há muitos especialistas disponíveis a não ser um pediatra, que em alguns lugares, nem mesmo existe.

O plano de saúde oferece maior tranquilidade

Certamente, os pais se sentirão muito mais tranquilos contratando um plano de saúde para os seus filhos. Você não será pego de surpresa caso a criança passe mal no meio da madrugada, ou seja, diagnosticada com uma patologia que exige um longo tratamento.

O custo-benefício é melhor

Se você pensar em um único exame de forma isolada, pode achar que um plano de saúde para o seu filho é um gasto desnecessário. Mas, ao longo dos anos, ele precisará fazer exames de rotina, ficar hospitalizado por conta de uma gripe, dentre várias outras coisas que podem acontecer. Nestes casos, um plano de saúde consegue oferecer um alívio para o seu bolso.

As crianças adoecem facilmente

Os mais novos, especialmente os recém-nascidos, não possuem o sistema imunológico completamente formado como nós adultos. Por conta disto, eles adoecem com muito mais facilidade, o que pode pedir muitas idas ao médico. Um plano de saúde consegue te oferecer muito mais tranquilidade nesses momentos.

O planejamento financeiro fica mais fácil

É muito mais fácil se planejar financeiramente quando você já sabe o quanto gastará no final do mês com saúde. Separar uma quantia todos os meses para colocar na poupança pode não ser o suficiente e, num momento de necessidade, isso pode afetar o orçamento da família prejudicando-a.

Como escolher a melhor opção?

Planos familiares

Os planos familiares costumam ser as melhores opções para as crianças. Se os pais já possuem um plano fica bem mais fácil adicionar o descendente nele sem um grande custo adicional. É possível, até mesmo, fazer isso quando a criança ainda está na barriga da mãe. Quanto antes, melhor. Além disso, optar por um plano familiar reduz a burocracia na hora de adicionar mais um membro e o custo por pessoa fica reduzido.

Serviços oferecidos

É sempre relevante observar esse fator atentamente. O plano oferece o serviço de viagem, caso a criança precise fazer exames em outra cidade? Há o reembolso, caso o plano não cubra o especialista que a criança precisa naquele momento? Tudo isso deve ser analisado.

Caso a empresa do plano ofereça esses serviços e outros, mas que devem ser pagos à parte, você deve solicitar um orçamento com o valor de todos esses extras. Muitas vezes é melhor contratar um plano que cubra todos esses gastos ainda que, inicialmente, o custo pareça maior.

Carência

Essa parte é muito importante na hora de aderir a um plano de saúde para os mais novos. A carência é aquele período no qual, mesmo depois de realizado o primeiro pagamento, o contratante ainda não poderá usar o plano de saúde escolhido.

Isso é uma medida de segurança para as operadoras, mas que afeta os pais negativamente num momento de necessidade. A criança pode precisar de um médico justamente durante esse intervalo de tempo.

A maioria dos planos libera os atendimentos de urgência e emergência, logo após a contratação. Ainda assim, o melhor que você pode fazer é analisar cada uma das propostas com muito cuidado. Nos casos de portabilidade (mudar de um plano para o outro), muitas vezes, não há esse problema com a carência.

Cobertura

Se você e sua família gostam de viajar é melhor ficar de olho na cobertura que os planos oferecem. Alguns são estaduais, outros regionais e os nacionais, que oferecem cobertura em cada canto do país e esta é a melhor opção.

Para aqueles que costumam viajar para outros países é bom ver qual o tipo de garantia que a operadora oferece internacionalmente. Muitos países podem exigir a contratação de algum tipo seguro, antes do embarque.

Por que a adesão deve ser feita o quanto antes?

A facilidade de fechar um acordo com uma operadora com um filho saudável é muito maior. O ideal é que você inclua no seu plano familiar o bebê logo que passar os 30 dias do parto, porque os planos de saúde infantis conseguem fechar o contrato rapidamente com uma criança saudável.

No entanto, se com o passar do tempo à criança apresentar algum problema de saúde, como cardíaco ou respiratório por exemplo, a contratação de um plano de saúde infantil nessas circunstâncias pode demorar. Portanto, não espere o seu filho ficar doente para tomar essa decisão tão importante e passe a ter mais tranquilidade no seu dia a dia.

Gostou do nosso artigo sobre a importância de um plano de saúde infantil? Que tal compartilhar esse post nas redes sociais com os amigos e conhecidos para ajudá-los a fazer a escolha certa?

Entenda a importância de um plano de saúde infantil
5 (100%) 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *