Independente da razão que te fez chegar aqui. Você vai conhecer agora os 10 primeiros sintomas de gravidez que podem ocorrer nas primeiras 12 semanas de gestação.

Porém, preste muita atenção aqui. 

Talvez você não saiba disso ainda. Mas se você estiver com algum sintoma, já no primeiro dia de atraso da sua menstruação, você pode realizar o teste e obter uma resposta. 

Isso vale tanto para os testes de farmácia quanto para os de sangue.

Portanto, se você desconfia, nem que seja um pouquinho, de que está grávida, faça o teste. 

Você já deve saber que é muito comum os primeiros sintomas de gravidez se confundirem com os da tpm. 

Algumas mulheres não sentem nada demais durante os meses iniciais de gestação e por isso nem sonham que estão grávidas. 

Quando elas finalmente descobrem que tem um bebê a caminho, muita coisa já aconteceu.

E o problema é que, para ter uma gestação tranquila, segura e sem complicações, quanto antes você souber e confirmar a gravidez melhor.

Porque existe um acompanhamento muito importante que ocorre antes, durante e depois do período gestacional. O pré-natal.

Portanto, se está desconfiada, faça agora mesmo um teste. E caso tenha um bebezinho nascendo aí dentro, o mais indicado é procurar imediatamente um obstetra para dar início ao seu pré-natal.

(Conheça os benefícios de já ter a cobertura do Hapvida, e ser um bebê Hap) 

Pois bem, recado entregue.

Agora, vamos aos 10 primeiros sintomas de gravidez que podem ocorrer, principalmente, nas 12 semanas iniciais da gestação.

1 – Enjoos ou muita fome

Um dos primeiros sintomas de gravidez mais comentados e, talvez, um dos mais famosos dentre as mulheres e o que mais leva elas a se questionarem: “Será que estou grávida?”.

Pois bem, o que você precisa entender é que, no período gestacional o hormônio hCG entra em ação no corpo. E é de acordo com o nível desse hormônio que o sintoma de enjoos ficam mais ou menos fortes.

Por exemplo, os enjoos costumam acontecer mais a partir da sétima semana. Porém, da semana 9 a 12 os níveis de hCG no organismo estão muito altos e, por isso, os enjoos ficam ainda mais intensos.

Portanto, perda de apetite, tontura e vômitos são comuns nessa fase.

Além disso, os enjoos podem começar logo cedo pela manhã. Nesse caso, é recomendado comer uma bolachinha de água e sal antes mesmo de sair da cama.

E para ajudar a amenizar as tonturas e ânsias é bom sempre ter com você alimentos ácidos e gelados, como limão e abacaxi. Até mesmo um picolé de limão será útil. 

Lembrando que, a intensidade desses sintomas varia bastante de mulher para mulher. Algumas sentem mais, outras menos. Mas, tem aquelas que em vez de enjoos constantes sentem uma fome devastadora.

Portanto, se os enjoos ou a fome aumentaram, é bom ligar o sinalzinho de alerta. Tem um bebê a caminho.

2 – Muito xixi

Você tem ido ao banheiro mais vezes durante o dia? Ou ainda, você tem acordado no meio da madrugada somente para fazer xixi?

Apesar de ser comum depois da oitava semana, algumas mulheres já notam nas primeiras semanas o aumento do número de vezes que vão ao banheiro.

Isso acontece porque agora você tem que lidar com um volume de água e sangue muito maior do que antes. Afinal de contas, tem uma vida a mais crescendo aí dentro.

Portanto, se você tem uma quantidade de sangue maior circulando no corpo, você tem mais trabalho renal. Se seus rins trabalham mais, você tem mais urina. E se você tem mais urina… Já deu para entender, certo?

3 – Sensibilidade nas mamas

Os relatos mais comuns são de uma sensação de inchaço nos seios. Mas, é normal sentir também:

  • dor atrás dos mamilos 
  • dor na lateral das mamas podendo chegar até as axilas

Essa sensação de sensibilidade e dor nas mamas tende a durar até as 12 primeiras semanas da gravidez. E acontece pelo aumento dos hormônios gestacionais.

Então, se você tem sentido seus seios mais sensíveis e doloridos, uma das causas pode ser um bebezinho crescendo aí dentro.

4 – Cansaço e sonolência

Você tem sentido muito sono durante o dia? Se sim, esse também é um sinal de bebê à vista.

Nos períodos iniciais da gestação, a mulher tem uma baixa muito grande de energia, principalmente depois das refeições.

Portanto, cansaço e sonolência podem ser bastantes intensos podendo, até mesmo, atrapalhar a sua qualidade de vida. E isso só tende a melhorar depois das primeiras 20 semanas.

5 – Cólicas e sangramento

Apesar de, neste caso em específico, o sangramento ser algo normal. Sangue descendo fora de época sempre deixa uma mulher com batimentos acelerados.

(Por isso é importante ter um acompanhamento ginecológico)

Por isso, é importante descobrir logo se está grávida ou não.

Nessas horas, o ideal é ter sempre o seu obstetra acompanhando e ciente de tudo que está acontecendo com você, porque todo sangramento é um sinal de alerta.

Mas, neste caso, o sangramento pode ocorrer devido a tentativa de implantação do óvulo fecundado na parede do útero. E junto com isso pode haver sangramento em pequena quantidade durante uns 7 dias.

Portanto, o sangue pode chegar a sujar a calcinha e terá uma coloração rosa ou mais escurecida.

Além disso, é normal sentir cólicas como se fosse descer, mas nunca desce. É sempre assim, você acha que vai descer mas não desce.

Veja bem, junto com o xixi em abundância, esse é um sinal claro de que você será uma futura mamãe.

6 – Alterações de pele

Nesse momento, há um aumento dos pelos e também no volume deles. 

Além disso, escurecem também a região do mamilo e de toda a linha que passa no umbigo chamada de linha nigra.

A linha nigra é uma mudança que cerca de 90% das gestantes têm.

Mas, preste bastante atenção agora. Você vai conhecer mais um motivo para identificar a gravidez o mais cedo possível.

Pois bem, no primeiro momento dos picos hormonais, pode acontecer as melasmas. Elas são manchas escuras que aparecem no rosto. E a proteção solar é fundamental nesse momento.

Em alguns casos, as manchas saem sozinhas após a gravidez. Em outros são manchas bem difíceis de serem resolvidas e tratadas.

Portanto, mesmo que esteja apenas desconfiada, use protetor solar sempre que sair de casa. Principalmente, se alguma manchinha escura estiver aparecendo.

7 – Sangramento nas relações com o parceiro

A progesterona que é o hormônio da gravidez estará muito alta e ela interfere em todo o seu organismo. Sua função é deixar o útero mole para relaxar e ajudar ele a crescer.

Mas, ele age também nas fibras dos vasos sanguíneos e a região do colo uterino fica bastante vascularizada. 

Então, principalmente nas relações com penetrações mais profundas, um vasinho pode chegar a romper desencadeando um sangramento que pode durar de 1 a 2 dias.

Lembrando, mais uma vez, que sangue descendo fora de hora é sempre sinal de alerta. Em caso de gravidez procure seu obstetra imediatamente.

Além disso, a ação da progesterona nas fibras dos vasos ocasiona também queda de pressão.

8 – Prisão de ventre/barriga inchada

Mais um sintoma causado pelo aumento de progesterona no corpo. Nas mulheres que já possuem problemas intestinais o quadro fica ainda mais acentuado.

Sendo assim, você pode sentir a barriga inchada por conta dos gases e também da digestão que agora está mais difícil por conta do hormônios.

Se já estiver desconfiada e com a digestão mais pesada, é bom conferir porque você pode estar esperando um filhinho.

9 – Ondas de calor

Este é um sintoma menos comum, porém algumas mulheres relatam sentir um aumento da temperatura basal que pode ser medida por termômetro.

Geralmente, este sintoma dura de 1 a 2 dias.

Portanto, se de uma hora pra outra, bater aquele calorzinho, realizar um teste de gravidez não é má ideia.

10 – Oscilação do humor

Outro sintoma bastante comum no período gestacional. 

E também mais um dos primeiros sintomas de gravidez que se parecem bastante com o que se sente na TPM e também é ocasionado pelos níveis de hormônio no corpo.

Portanto, o seu humor poderá ficar bastante flexível e volátil.  É comum muita irritabilidade em um momento e em questão de segundos muito choro.

Se você está triste e do nada está sorrindo. Tem um nenê vindo.

E aí, se identificou com algum dos sintomas?

Pois bem, se você ainda não sabe se está grávida ou não, mas está sentindo algum desses sintomas que acabou de ver, é muito importante que você realize o teste o mais rápido possível.

Porque, quanto antes você descobrir a gravidez, antes você começa o pré-natal e, assim, todos os cuidados e atenção que você e o bebê precisam durante o período gestacional estarão garantidos.

Caso queira, você ler mais sobre o pré-natal clicando aqui.

Deseja fazer uma cotação de um plano de saúde Hapvida?

    Categoria
    Marcadores

    Comentários desativados